Foto: PY5AG – Livio Gomes Moreira

Seu nome era Livio Gomes Moreira , nascido em São João da Barra,  (1876 – 1946) é considerado o primeiro radioamador do Brasil. Seus prefixos  eram SB-3IG (BZ-1M) e PY5AG.

Moreira era chefe da empresa Telégrafos de Curitiba e costumava construir seus próprios equipamentos. Em 1909, criou um teclado alfabético, que somado a um transmissor tipo Baudot, recebia sinais telegráficos sem fio. Com essa invenção, bastante inovadora para a época, ficou conhecido como “Detector Livio”. No mesmo ano, em um teste no Rio de Janeiro, apresentou o invento para o engenheiro Francisco Bhering, que encomendou dois desses teclados. Com isso, o projeto de Moreira chegou até a Casa Carpentier de Paris. O aparelho chegou no local em 1910, curiosamente, em 5 de novembro de 1909, a Casa Carpentier obteve o registro de patente de um manipulador perfurador e transmissor em teclado, com partes do projeto idêntico ao Detector Lívio. Como o brasileiro nunca se preocupou com o registro do invento, alguns consideram que os franceses “roubaram” a idéia.

Somente no Brasil há o reconhecimento pela inovadora invenção.

A relação com Curitiba é tão grande porque a primeira comunicação radiotelegráfica entre amadores do Brasil foi na capital paranaense, em outubro de 1909.           O contato foi entre o próprio Moreira, em sua casa, e José Luz, que morava na Rua Augusto Stelfeld, cerca de dois quilômetros de distância.

Em 1913, Moreira foi estudar na Europa e cinco anos depois publicou o livro “Telegrafhia – Noções Práticas”, obra que foi considerada a mais completa publicação do setor.

Em 17 de junho de 1924, ele e Carlos Lacombe (BZ1AC), do Rio de Janeiro, realizaram comunicado memorável.

Em dezembro de 1925 (após a regulamentação do radioamador, em novembro de 1924), Livio efetuou seu primeiro contato com outro radioamador à grande distância, quando após vigília de 10 noites, manteve audição com o radioamador fluminense, Humberto Silva (SB-1A/BZ-1A).

Moreira foi sócio do fundador e diretor técnico da Rádio Clube Paranaense, terceira emissora de rádio do Brasil.Em Curitiba, o primeiro radioamador brasileiro dá nome a uma via nos bairros Ahú e São Lourenço. A Rua Lívia Moreira tem quase um quilometro de percurso e fica em uma zona residencial.

Foto: Cartão QSL de PY5AG

Referências:

Muzzillo, Camila. 1001 ruas de Curitiba. Organizado por Camila Muzzillo. Curitiba. Artes & Textos. 2011.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *