Por PY5YM – Mauricio Matos

Foto: Frequências sinalizadas pela IARU para o uso da modalidade QRP, “boas praticas”

QRP é uma interessante modalidade de operação no radioamadorismo que visa experimentar a realização de contatos, através de uma técnica de transmissão como por exemplo fonia, cw, modos digitais, satélites, com baixos niveis de potência, tipicamnte que não exceda 5W, ou seja, explorar com a mínima potencia possível a possibilidade de realizar um QSO.

QRO: É a modaliade de operação no radioamadorismo na qual se emprega altos níveis de potência, respeitados os limites legais impostos para cada classe de habilitação.

No Brasil o valor máximo de potência permitido para as condições determinadas na norma vigente, é 15000 watts. A obtenção de níveis de potência QRO é normalmente obtida por meio de uso de amplificadores lineares.

Operações QRP

No início do radioamadorismo, na década de 20, os transmissores eram de construção caseira, valvuladas e com baixa potência. A modalidade de operação era a telegrafia (CW) devido ao seu grande alcance. Com aquelea baixa potencia e antenas simples, os radioamadores daqueles tempos conseguiram a façanha de dar a volta ao mundo.

Entretanto vem aumentando o número de radioamadores que ficam apaixonados pela transmissão com 5 watts ou menos, conseguindo com isso resultados impressionantes.

Uma campanha internacional, baseado em recomendações da IARU (União internacional de Radioamadores), popularizou o uso das frequencias QRPistas pelo mundo.

Não tratam-se de frequências exclusivas, apenas um ponto de encontro para aqueles que praticam o QRP ou que queriram trabalhar estações QRP. São nessas frequências, por exemplo, que é possivel encontrar, com maior facilidade, atividades Filedl, Sota, etc…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *